Vestido ideal para corpo ampulheta


Vestido tubinho

Oi meninas tudo bem? 

Hoje vamos falar do vestido ideal para o corpo ampulheta. 


Esse tipo físico,   possui o corpo bastante curvilíneo. Essa silhueta é  popularmente conhecida como corpo violão.
Possui ombro e quadril alinhados e a cintura bem fina, fazendo com que seja considerado o corpo mais proporcional de todos. Por isso, a escolha de um vestido que valorize e chame atenção para a região da cintura é interessante.
Vestido tubinho

E uma peça super atemporal e democrática como o vestido tubinho, é uma ótima peça, uma peça chave no guarda roupa de quem tem o corpo ampulheta. 
Pode ser usado por mulheres de todos os estilos dependendo da ocasião e dos acessórios.
E como usar? 
O tubinho pode ser usado para uma balada ou um jantar. Para ambos os casos ele pode ter brilho ou detalhes femininos . 
Para um look despojado ,  você pode escolher usar o tubinho com tênis. Fica um charme e super moderno.

Vestido tubinho








Vestido tubinho


Vestido tubinho








Espero que estejam gostando dos posts. Se gostou, comenta e compartilha com uma amiga. Isso ajuda muito nosso cantinho a continuar crescendo. 

E te convido a conhecer nosso Insta vou amar ter você por lá também ❤️

Por hoje é isso super bj e até a próxima. 

Vestido ideal pro corpo oval


Corpo oval



Vestido ideal para o corpo oval


A principal orientação para as mulheres com o corpo oval  é alongar a silhueta.  Por isso, o modelo de vestido transpassado é perfeito para esse biotipo.

A peça afina visualmente a cintura, alonga a silhueta e, como dissemos, valoriza o colo chamando atenção para a parte de cima do corpo.

Vestido transpassado

O vestido transpassado é um clássico e pode ser usado por todos os tipos físicos.
Sua modelagem valoriza o corpo feminino, afinando a cintura e chamando atenção para o colo. Com a saia mais soltinha, ele pode ser ideal para mulheres com quadril largo.

Como usar o Vestido Transpassado

Uma peça que pode ir do clássico ao informal, o modelo combina com mulheres de todo os estilos .
Para um ar mais sério e  tradicional  combine a peça com uma salto alto, que é confortável e elegante.
Para um look informal  use a peça com tênis ou sapatilha.

Corpo oval


Corpo oval


O que você estão achando dessas dicas. Espero muito que estejam gostando. 

Logo trago dicas pros outros formatos de corpo. 

Por hoje é isso. Super bj e até a próxima. 

Vestido para corpo triângulo ou pêra


Vestido evase

Hoje em parceria com a @madameka.fashion vamos falar sobre o modelo ideal para corpo triângulo ou pera.

Para valorizar a mulher com o corpo triângulo ou pêra,  indicado é usar peças que chamem atenção para a parte superior do corpo. Decotes acentuados e cores claras são ótimas opções.

Vestido evase



O tecido, no quadril, deve ter um caimento suave e leve, para que não marque a região evitando que se crie um volume extra.

Uma ótima opção é o vestido evasê.
Vestido evase



O vestido evasê é marcado pela saia em linha A. Este modelo de vestido pode aparecer em todos os comprimentos, curto, midi ou longo. O vestido evasê fica bem para todos os tipos físicos, mas é perfeito para as mulheres com o biotipo triângulo. A saia em linha A suaviza a região do quadril além de chamar atenção para a cintura que é um ponto de destaque deste tipo de corpo.
Vestido evase


Recomendamos evitar modelos com o comprimento curto.  Geralmente as mulheres que possuem o quadril largo possuem também coxas grossas. Para esses casos, o comprimento no joelho ou midi é a melhor opção. Além de te deixar confortável, transmite uma imagem mais elegante.
Vestido evase


Como usar o vestido evasê.

O comprimento midi é clássico e super elegante. Você pode usá-lo para uma cerimônia de casamento e também para uma festa. Para um look refinado e ao mesmo tempo diferente, invista em estampas e também no mix de cores.
Vestido evase


Se gostou  compartilhar com as amigas.

Comenta o que mais querem ver por aqui.

Por hoje é isso  super bj e até a próxima.

Qual seu tipo de corpo?

www.instagram.com/dicas_com_a_gi


Oi meninas tudo bem?

Vamos de dica de moda hoje? Você conhece seu corpo? 

Em parceria com a personal stylist  Madame ka fashion trouxe uma dica para conhecer seu tipo de corpo.

"É muito importante para conseguir equilíbrio na hora de se vestir, conhecer qual é o tipo da sua silhueta.

Isso irá ajudar a realçar o que você  tem de mais bonito e esconder os detalhes que te incomodam .

Uma forma fácil de descobrir qual é o seu tipo de corpo, é ficar em frente ao espelho de biquíni e fazer uma análise franca .

Note o formato do seu corpo e compare com as figura abaixo.
Moda


Ampulheta: Corpo proporcional, com cintura fina e bem desenhada.

Triângulo: Busto grande, sem cintura definida e com pernas mais finas.

Pêra: Cintura levemente marcada, coxas grossas.

Retângulo: Corpo reto, sem cintura e sem coxa.

Oval: Sem cintura, com ''barriguinha'' e coxas médias.

Agora que vc já conhece seu tipo de corpo , aguarde as dicas do que usar para valorizar ainda mais sua beleza." - Madame ka fashion .

E aí meninas qual o seu tipo de corpo? Me conta aqui.

Se gostou compartilhar isso ajuda muito no crescimento do nosso cantinho.

Ah e me acompanha pelo Insta estou sempre dando dicas por lá também.

Por hoje é isso. Super bj e até a próxima.

Como combinar cores nas roupas?


Oi meninas tudo bem?

Hoje vamos falar sobre como combinar as cores nas roupas, e novamente quem vai nos ajudar é a personal stylist Madame ka fashion.

"A primeira coisa que você precisa saber é como funciona o círculo cromático, porque sem conhecê-lo poderá ter dificuldade na hora de fazer combinações.

Ele é um ótimo recurso para escolher tons que caiam bem juntos, pois se baseia na teoria das cores. Seja para montar um look ou repaginar a decoração da casa, use este mecanismo e acerte nas combinações.
www.instagram.com/dicas_com_a_gi

Entendendo o círculo cromático

Aprenda o básico da paleta. O círculo cromático é composto de cores primárias (vermelho, azul e amarelo) e secundárias (roxo, verde e laranja), dispostas em uma circunferência.

Os pigmentos primários são a base de todos os outros existentes; quando misturados entre si, formam os secundários, que, por sua vez, geram os terciários.

Alguns círculos mostram as cores primárias, secundárias e terciárias separadamente, enquanto outros fazem uma transição gradual entre elas.

É importante compreender esse conceito, pois ele ajuda no critério de combinação de tons.
Looks coloridos

Cores complementares 

Para encontrar a cor complementar de um pigmento, veja a direção oposta. As cores complementares ficam de frente umas para as outras, do outro lado do círculo.

Por exemplo, o amarelo fica diretamente na linha do roxo, e o mesmo princípio vale para outros pares (vermelho e verde, azul e laranja, etc).

Os tons complementares costumam cair bem juntos, criando um destaque interessante.

Os pigmentos complementares também podem ser cores terciárias.
Looks coloridos

Cores análogas 
Verifique as cores análogas ao tom, isto é, as mais próximas. As combinações análogas são usadas quando a ideia é criar uma fusão.

Por exemplo, o amarelo se transforma em laranja, gerando um terceiro pigmento amarelo-alaranjado. Como são parecidos, formam bons conjuntos.

Outro exemplo: o azul passa para o roxo, criando um azul-arroxeado no meio.
Looks coloridos

Sombreamento e degrade

 Use técnicas de sombreamento e degradê para fazer composições monocromáticas.

A sombra é basicamente a adição de preto à cor, enquanto que o degradê é um clareamento gradual dos tons através da cor branca.

Caso queira trabalhar com uma única tonalidade, é possível incrementar o resultado usando essa variações.

Por exemplo, uma escala monocromática de roxo poderia ser composta de lilás e vinho.

Looks coloridos

Cores quentes X cores frias

Como regra geral, evite misturar cores frias e quentes. As tonalidades quentes incluem laranja, vermelho e amarelo, enquanto que as frias são o verde, o azul e o roxo.

Entendendo essa divisão, fica mais fácil brincar com as cores, pois elas tendem a cair bem quando combinadas dentro dos seus grupos.

Embora essa seja uma diretriz básica, há alguns casos em que a junção de pigmentos frios e quentes funciona. Por exemplo, um dourado bem vibrante criaria um efeito exótico se associado a tons de roxo.

Aplicando o conceito às roupas

Looks coloridos

Se quiser algo simples, associe uma cor neutra a outra bem chamativa. As tonalidades neutras são basicamente o preto, o branco, o marrom e o cinza.

Ocasionalmente, também são consideradas opções sóbrias o verde-oliva, o azul-marinho e cores metálicas, como ouro, prata e bronze.

Componha a maior parte do look com um tom básico e adicione uma ou duas cores nos detalhes.

Por exemplo: experimente colocar um terno preto com uma camisa rosa-bebê, ou combinar um vestido prateado e uma jaqueta azul bem chamativa.

Se quiser brincar com as cores neutras, leve em consideração as matizes.

Por exemplo, o verde-oliva cai bem com tons marrons e alaranjados, mas também fica legal com azuis e dourados, pois ficam próximos na escala cromática. 
Looks coloridos


Crie um visual divertido só com cores complementares.

Escolha dois tons complementares no círculo cromático e se baseie neles para combinar as peças.

Digamos que você goste de azul e laranja: poderia ser uma camisa laranja bem vibrante com uma calça jeans azul-escura.

Outra ideia é pegar uma opção complementar e um tom mais claro da cor oposta.

Por exemplo: coloque um vestido roxo com um lenço amarelo-claro.

Looks coloridos


Aposte nas cores análogas para criar um aspecto sólido. Selecione duas ou três cores que estejam próximas no círculo cromático e componha o seu look; assim, você terá um resultado harmônico.

Sugestão: escolha um vestido amarelo bem levinho e jogue uma echarpe laranja-clara por cima. Mais uma combinação interessante: ponha um vestido vermelho-escarlate, um sapato rosa e acessórios dourados.

Embora o recomendado seja evitar misturar tons frios e quentes, você pode quebrar a regra se alguma associação cair bem.

Por exemplo: se for usar um vestido amarelo bem vibrante, um cardigã verde-claro criaria um destaque incrível.


Looks coloridos

Experimente um traje monocromático se quiser algo descomplicado.

Para começar, escolha uma cor primária; depois, vá brincando com sombreados e degradês daquela matiz para harmonizar o visual.

Por exemplo: vista um terninho azul-marinho com uma camisa azul-clara e um escarpã azul bem chamativo.

Na hora de montar o look monocromático, procure manter a mesma base. Digamos que você escolha azul: selecione variações como o celeste e o turquesa, mas não inclua misturas, como azul-arroxeado.


Looks coloridos
Combine cores primárias com tons básicos.

O mix de tonalidades primárias (verde, amarelo e azul) com cores sóbrias costuma ficar bem bonito.

Experimente colocar uma calça preta com uma blusa amarela, uma camisa de um vermelho bem vívido com uma legging cinza, ou uma saia azul-royal com uma blusa branca soltinha.

Se quiser algo mais ousado, aposte em mais de uma cor primária.

Tente assim: vista uma calça jeans azul, uma blusa vermelha supervibrante e finalize com uma bolsa amarela.

Seja criativa ...tire tudo do guarda roupas ,talvez você acabe criando um look completamente novo e que nem considerava antes"  - Madame ka

É aí meninas o que acharam desse post? Comenta aqui e deixe sugestões do querem ver por aqui.

Por hoje é isso, super bj e até a próxima.

Não tenho nada pra vestir e agora?

Estilo

Oi meninas tudo bem?

Vamos falar hoje sobre como montar um look?

Na hora de sair, você também olha no guarda-roupa e acha que não tem nada pra vestir? Isso mesmo com o guarda-roupa cheio de peças?

Por isso, saber como combinar roupas da maneira "certa" pode evitar essas situações.

Uma boa combinação pode garantir que suas roupas e calçado possa ser muito mais úteis.

Pensando nisso, vamos ver 1 dica certeiras da personal stylist @madameka.fashion para você otimizar seu guarda-roupa, se vestindo com  mais praticidade e estilo! .

A primeira coisa é pensar na imagem - "Quem as pessoas pensam que eu sou?

O primeiro passo para saber como combinar suas roupas é entender qual imagem você pretende passar para o mundo: seja no trabalho, estudos, família, entre amigos, onde quer que você vá e esteja.

Isso porque aquilo que vestimos é a primeira impressão que passamos aos outros. Dessa forma, ela contém traços que permitirão uma primeira avaliação sobre sua pessoa.
Estilo

Estilo

Em cada situação precisamos pensar na imagem que queremos passar , pense em uma entrevista para emprego, se você está indo procurar emprego em um escritório de advocacia, seria ideal passar uma imagem séria, então, pensará em um look formal.
Estilo

Estilo

Já se estiver procurando um emprego em uma agência de publicidade, poderá pensar em um look mais despojado, isso é a primeira etapa que deve pensar ao escolher seu look.

E aí gostaram dessa dica? Para não perder  outras é só acompanhar nosso insta @dicas_com_a_gi e @madameka.fashion .

Semana que vem trago outro ponto a ser analisado na hora de montar seu look para não perder segue o blog.

Compartilha com as amigas. E se tiver alguma dúvida é só comentar aqui que trazemos pra vocês.

Por hoje é isso, super bj e até a próxima

Qual seu estilo?

Oi meninas tudo bem?

Hoje vamos falar sobre Estilo.

De acordo com a #personalstylist  @madameka.fashion estilo e imagem pode parecer a mesma coisa, mas tem algumas diferenças.

Imagem é sobre a maneira como você gostaria que o mundo te visse, já o estilo é o seu toque pessoal, a maneira de mostrar a sua personalidade através do look.

Existem vários estilos. Vou citar apenas alguns que são considerados principais:
Ladylike


Estilo Ladylike-  é  um estilo que transmite jovialidade e romantismo, tanto por suas cores claras, como nas estampas e modelos dos cortes dos tecidos. O estilo marcou época na década de 40 – na qual as mulheres usavam espartilhos e deixavam a roupa com uma cintura bem marcada. Hoje o visual é marcado por estampas e acessórios delicados, como os laços, flores, babados, vestidos coloridos e as queridinhas saias midi.
Clássico


Estilo Clássico- ou também conhecido como vintage, preza por estampas e modelos atemporais, cores discretas e sólidas. Faz lindas combinações com acessórios discretos e monocromáticos. O estilo clássico vai desde a cabeça até os pés, com sapatos scarpins e sapatinhas. Assim como em peças mais formais ou um clássico mais moderno tanto no corte como em cores diferenciadas para sair do tradicional.
Casual


Estilo Casual- As meninas mais casuais estão sempre ligadas na moda. Pode parecer mais basiquinha, mas o estilo casual combina com vários ambientes, principalmente quando incrementa o look com uma camisa jeans. Uma imagem mais leve, porém, sem perder o estilo, jovialidade e elegância. Um estilo versátil e que fica incrível em todas as mulheres.
Glam

Estilo Glam- É perfeito para quem ama brilhar! Afinal, o que não pode faltar são brilhos, tachas, correntes, acessórios, pele e muitos paetês. Um estilo glamouroso! Para seguir esse estilo, não necessariamente as peças precisam ser de marca e nem caras. Basta incrementar um acessório, ou escolher aquela blusinha fashion e style. Assim, o brilho fica na medida certa !
Hippie


Estilo Hippie chic- A cultura hippie marcou época durante a década de 60, muito ligada a um pensamento político e socioeconômico. Os hippies deixaram seus legados, principalmente por sua filosofia, respeito a natureza e também no estilo. Hoje, o hippie chic foi adaptado, mas ainda trás indicações dos anos 60 e 70. O estilo hippie é marcado por peças de calça flaire, saias e vestidos longos, headband, peças com pedrarias, florais e até mesmo feitos de palha e couro.
Rocker

Estilo Rocker- Um estilo ousado e que não necessariamente precisa ser carregado todo de preto. Na verdade, não tem nada a ver. O estilo rocker é caracterizado por sua atitude e peças de cores escuras, roupas xadrez, calças rasgadas, bolsas e jaquetas de couro, tênis e muitos spikes e tachas.

E aí qual o seu estilo? Gostaram desse post? Para não perder outras dicas é só acompanhar nosso cantinho @dicas_com_a_gi e a @madameka.fashion .

Logo trago os outros posts pra vocês. Comenta aqui o que gostariam de ver aqui no blog.

Compartilha também com as amigas.

E se tiver alguma dúvida é só comentar aqui que trazemos pra vocês.

Por hoje é isso super bj e até a próxima.


Multimasking? O que é?



Oi meninas tudo bem?

Hoje vamos falar de multimasking. Você já ouviu falar?

Multimasking é a utilização de mais de um tipo de máscara facial para diferentes finalidades ao mesmo tempo.

É só aplicar um tipo diferente de máscara em áreas específicas de acordo com a necessidade da sua pele para um tratamento mais eficaz.

Para isso é necessário conhecer seu tipo de pele e a necessidade de cada área.

Esse tipo de procedimento é principalmente indicado para pele mista mas pode se adaptar para qualquer pele.

Se quiserem posso trazer sugestões de tipos de máscaras para cada tipo de pele o que acham? Comenta aqui.

E aí o que acharam? Já usaram multimasking?

Se gostou do post não esquece de seguir o blog  e comentar isso ajuda muito no crescimento do nosso cantinho e me mostrar que querem ver mais posts como esse.

Compartilha com as amigas.

Por hoje é isso.

Super bj e até a próxima.
© DBG - Dicas de beleza com a Gi
Tecnologia do Blogger.